• Conheça Malawi

    Malawi é um dos países do continente africano, sendo considerado como um dos mais pobres e menos desenvolvidos do mundo, assim como Moçambique. Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), divulgados em 2010, 70% dos malawianos vivem abaixo da linha de pobreza.

    História


    Os primeiros seres humanos habitavam a área do lago Malawi há 60 mil ou 50 mil anos atrás. Embora os portugueses atinjam a região no século XVI, o primeiro contato significativo de ocidentais se dá com a chegada do famoso explorador David Livingstone ao longo da margem do lago Malawi, em 1859. Posteriormente chegam as missões presbiterianas escocesas que se dedicaram em extinguir o tráfico de escravos para o Golfo Pérsico, que continuou até o final do século XIX.

    Clique aqui e veja o trabalho do Projeto Amas no Malawi

    Outros missionários, comerciantes, caçadores, e plantadores chegam logo em seguida. Em 1883, um cônsul britânico foi apontado para manter relações com os "reis e chefes da África central", e em 1891, é estabelecido o protetorado da Niassalândia (Nyasa é a palavra yao para "lago").

    O Processo de Independência


    Em 1953, Niassalândia, Rodésia do Norte e Rodésia do Sul se juntam para formar a Federação da Rodésia e Niassalândia. A federação é dissolvida em 1963 e a 6 de julho de 1964, a Niassalândia se torna independente sob o nome de República do Malawi, tendo como líder Hastings Banda, que permanece no poder até 1993, quando fica gravemente doente.

    Uma crescente inquietação interna aliado à pressão da igreja e da comunidade internacional levou a um referendo sobre a continuação do estado de partido único, que vigorava desde a independência. Em 14 de junho de 1993, o povo de Malawi votou esmagadoramente a favor da democracia multipartidária, e no espaço de um ano eleições nacionais foram realizadas.

    O Malawi experimenta sua primeira transição entre presidentes democraticamente eleitos em maio de 2004. Em 2010, o país passou por um troca de bandeira, que perdurou apenas até 2012. Nesse ano, Malawi pediu à União Africana para que intervisse em uma disputa de fronteira com a Tanzânia sobre o Lago Malawi, que é potencialmente rico em petróleo e gás. O Malawi contesta a alegação da Tanzânia, que diz ter direito sobre metade do lago.

    Localização de Malawi (verde) e Moçambique (laranja) no continente africano.

    Características Gerais


    Situado no sudeste da África, Malawi é limítrofe a Tanzânia, a norte e leste; a Moçambique a leste, sul e sudoeste e Zâmbia a oeste.. Com uma extensão territorial de 118.484 km² (dimensões quase equivalentes às áreas dos estados de Pernambuco e Alagoas combinados), Malawi possui 3 regiões subdivididas em 28 distritos. A sua capital é Lilongwe e o sistema de governo vigente é o da república presidencialista.

    Significado da Bandeira


    • Sol - simboliza o alvorecer da liberdade e da esperança no continente africano;
    • Preto – representa a população indígena da África;
    • Vermelho - simboliza a luta do povo pela Independência;
    • Verde – retrata a natureza do continente.

    Idioma


    Ex-colônia do Império Britânico, Malawi obteve a sua independência em 6 de julho de 1964. Integrante da Commonwealth (antiga Comunidade Britânica de Nações), a Língua Inglesa é o seu idioma oficial, entretanto o Chichewa (ou Chewa também tem status de língua oficial. Também deve se lembrar da importância de outros dialetos pelo país.

    População


    Malawi possui 19,83 milhões de habitantes (9,93 milhões de homens e 9,90 milhões de mulheres), compostos por maraves (58,3%), lomues (18,4%), iaos (13,2%), engonis (6,7%), outros (3,4%). Esses são majoritariamente residentes na zona rural, cerca de 80,74%, em comparação aos moradores das áreas urbanas, apenas 19,26%. A densidade demográfica é de 128,8 habitantes por km².

    Ore, contribua e compartilhe - Saiba como ajudar o Projeto Amas

    A expectativa de vida ao nascer é de aproximadamente 47 anos. Porém, a mortalidade infantil é a 11ª menor do mundo, com 80 morte a cada 1000 nascimentos. Tais circunstâncias explicam o baixíssimo índice de desenvolvimento humano (IDH) do país, apenas 0,485.

    Lilongwe, capital e principal cidade de Malawi. 

    Religião

    • Crenças tradicionais - 49,9%
    • Cristianismo - 38,9% (católicos 21,3%, protestantes 12,6%, outros 5%)
    • Islamismo - 10,4%,
    • Outras - 0,2%
    • Sem religião e ateísmo - 0,6%.

    Saúde


    O Malawi continua sendo um dos países menos desenvolvidos do mundo, ocupando 170 do 188 no Índice de Desenvolvimento Humano. Aproximadamente 63% das crianças vivem abaixo da linha da pobreza. A malária é uma das principais dos problemas de saúde e da morte no território do país.

    Saiba como participar da Viagem Missionária do Projeto Amas

    Conforme os dados da UNICEF (2010), cerca de 23% de todos os casos de morte de crianças estão relacionados à subnutrição. Além disso, apenas 58,5% das crianças que frequentam a escola terminam os primeiros 4 anos de escola, uma a cada quatro está envolvida com trabalho infantil. Ainda quando mais novos, cerca de 61% delas recebem aleitamento materno exclusivo até os seis primeiros meses. e 110 mil possuem AIDS.

    Igreja na Aldeia de Magando, em Malawi.


    Economia e recursos naturais


    A economia do Malawi é pouco desenvolvida e depende fundamentalmente da agricultura, representando 42% do PIB do país.. Tabaco, chá, açúcar, algodão, café, amendoim, produtos de madeira e roupas são os principais produtos exportados, com os dois primeiros abrangendo 80% das exportações. O país tem uma extensão de 11,8 milhões de hectares mas só 40% são cultiváveis, e mais de 80% da população vive no campo.

    Links com mais informações


  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    SAIBA COMO AJUDAR

    Clique no link ao lado e confira com mais detalhes como você pode ajudar a Agência Missionária de Assistência Social a divulgar o Evangelho de Jesus Cristo e ajudar as famílias nas Aldeias da África.

    ENDEREÇO

    Rua José Bem-Vindo da Rosa, nº 174, Campos dos Goytacazes/RJ

    EMAIL

    projetoamas@hotmail.com
    projetoamasoficial@gmail.com

    CELULAR

    +55 22 99736-3130

    ORGANIZADORES

    Ezequias Samuel,
    Felipe Samuel,
    Cassiane Rosa,