Mesmo com a pandemia, nossos irmãos africanos continuam se reunindo em Moçambique

Mesmo com a pandemia, nossos irmãos africanos continuam se reunindo em Moçambique


Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o governo de Moçambique, assim como boa parte dos países do mundo, decretou o fechamento de atividades religiosas em templos, que promovessem aglomeração de pessoas.

Apesar dessa determinação, os nosso irmãos moçambicanos continuam se reunindo nos lares, com o objetivo de crescer e se fortalecer espiritualmente. Durante os cultos, todas as medidas de saúde estão sendo cumpridas, como o uso de máscaras, distanciamento e higienização das mãos.

Pastor Gonçalo, da Igreja Sede  em Moatize (Província de Tete Moçambique), comenta a importância das reuniões.

"A Igreja não pode parar, que os irmãos continuem orando e estudando a Palavra para nos mantermos firmes. Como a Bíblia diz: irmãos sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor (1 Coríntios 15:58)."

Além disso, Gonçalo declara a importância das intercessões dos irmãos do outro lado do Atlântico. "Agradecemos desde já as orações e peço que continuem orando por nós para que também possamos retornar aos cultos. Essa é nossa esperança no momento. Que Deus abençoe a todos, em nome de Jesus."