• Cadeias de transmissão do novo coronavírus aumentam em Moçambique


    “O nosso país conta com 137 casos positivos de covid-19, sendo 114 de transmissão local e 23 casos importados”, atualizou neste domingo (17) a Diretora Nacional de Saúde Pública que anunciou o surgimento de dois novos focos da pandemia nas províncias de Manica e de Tete.

    Mais 276 tetes foram realizados no Instituto Nacional de Saúde (INS) dos quais oito revelaram-se positivos para infecção da Covid-19. “Sete são de nacionalidade moçambicana e um de nacionalidade zambiana. Gostaríamos de salientar que, cinco casos apresentam-se sem sintomas e dois com sintomas leves”.

    “Destes, com base na sua distribuição geográfica, na Cidade de Maputo tivemos um homem de 32 anos de idade, e tivemos também uma mulher, de 22 anos, recém chegada da África da Sul, cuja amostra foi colhida no Centro de Trânsito de Salamanga, no Distrito de Matutuíne, na Província de Maputo no dia 08 e maio. Esta paciente está em isolamento domiciliar, na Província de Inhambane”, precisou a Doutora Rosa Marlene.

    Falando em conferência de imprensa a autoridade de Saúde indicou que “das pessoas que testaram positivo provenientes da Província de Maputo temos na cidade da Matola um homem, de 34 anos de idade, recém chegado da África da Sul, cuja amostra foi colhida no Centro de Trânsito de Manguaza, no Distrito da Moamba, na Província de Maputo, no dia 10 da Maio de 2020”.

    “Da Província de Manica temos uma amostra no Distrito de Machaze, trata-se de um homem de 35 anos de idade, recém regressado da África da Sul e testado na província de Manica no dia 11 de Maio.

    Da Província de Tete, na Cidade de Tete, temos uma mulher de 25 anos. Na Província de Cabo Delgado, no Distrito de Palma, na localidade de Afungi, temos três homens de 26, 31 e 57 anos de idade”, detalhou a Diretora Nacional de Saúde Pública.

    Dois dos que foram da cidade de Maputo foram positivos - um homem de 32 anos e uma mulher de 22 anos. A mulher havia sido repatriada da África do Sul. O oitavo caso é um homem de 34 anos na cidade de Matola, que também havia retornado recentemente da África do Sul.

    A distribuição geográfica dos 137 casos positivos é a seguinte: Cabo Delgado, 84; Cidade de Maputo, 30; Província de Maputo, 11; Sofala, oito; Inhambane, dois; Tete, um; e Manica, um.

    Marlene também anunciou que outro paciente do Covid-19 fez uma recuperação completa, elevando o número de recuperações para 44. Esse paciente era um moçambicano assintomático de 29 anos em Afungi. Ele não precisava de hospitalização e permaneceu em isolamento domiciliar até que a infecção passasse.

    Assim, a partir de domingo, as principais estatísticas do Covid-19 de Moçambique eram: 137 casos confirmados, dos quais 44 fizeram uma recuperação completa e 93 são casos ativos. Não houve mortes pelo coronavírus.

    Jani disse que ainda existe uma janela de oportunidade para impedir que a epidemia se desenvolva na fase de transmissão da comunidade, "mas essa janela não estará aberta permanentemente". Mas isso dependerá de todos os moçambicanos obedecerem às restrições estabelecidas pelo governo no estado de regulamentos de emergência. Isso inclui distanciamento social, fechamento de todos os bares e outros locais que possam atrair multidões.

    Fonte: All Africa
  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    SAIBA COMO AJUDAR

    Clique no link ao lado e confira com mais detalhes como você pode ajudar a Agência Missionária de Assistência Social a divulgar o Evangelho de Jesus Cristo e ajudar as famílias nas Aldeias da África.

    ENDEREÇO

    Rua José Bem-Vindo da Rosa, nº 174, Campos dos Goytacazes/RJ

    EMAIL

    projetoamas@hotmail.com
    projetoamasoficial@gmail.com

    CELULAR

    +55 22 99736-3130

    ORGANIZADORES

    Ezequias Samuel,
    Felipe Samuel,
    Cassiane Rosa,