Norte do Malawi registra o primeiro caso Covid-19

Norte do Malawi registra o primeiro caso Covid-19


O primeiro caso da pandemia de coronavírus (Covid-19) na região norte do Malawi foi registrado no distrito fronteiriço de Karonga, confirmou o Ministro da Saúde Jappie Mhango. Ministro Mhango: com a confirmação no norte do país, o Malawi registra 34 casos, incluindo três mortes.

Lilongwe tem o maior número de casos, com 22. Mhango disse no domingo, na cidade de Mzuzu, no norte, que um homem de 27 anos que viajou para a Tanzânia testou positivo para Covid-19. O ministro disse que o paciente foi colocado em quarentena para receber atendimento médico.

Ele disse que o Ministério da Saúde (MS) rastreará dezenas de pessoas que entraram em contato com o paciente. O anúncio do paciente em Karonga ocorre depois que outro homem que retornou recentemente da Tanzânia sucumbiu à nova pandemia.

Atualmente, a capital Lilongwe é a zona vermelha do Covid-19 com 22 casos, Blantyre tem oito com uma morte e Chikwawa, Zomba e Nkhotakota têm um caso cada. Uma modelagem matemática estima que 50 mil pessoas podem morrer de Covid-19 no Malawi se a pandemia persistir por um ano, com Lilongwe sendo a mais atingida.

Em 31 de dezembro de 2019, a Organização Mundial de Saúde (OMS) foi alertada sobre vários casos de pneumonia de causa desconhecida detectada na cidade de Wuhan, província de Hubei, na China. A OMS declarou o surto de Covid-19 uma pandemia em 12 de março de 2020.

O presidente Peter Mutharika declarou o Malawi como um estado de desastre em 20 de março após a pandemia do vírus e anunciou várias medidas de precaução, incluindo o fechamento de escolas e a proibição de reuniões de mais de 100 pessoas.

Fonte: All Africa