Ciclone Idai atinge Moçambique, Malawi e Zimbabué.

Ciclone Idai atinge Moçambique, Malawi e Zimbabué.


Devido aos fortes ventos e chuvas, linhas de internet, Atenas de redes de celular foram destruídas. Postes de de luz eléctrica caíram. A falta de água potável. Beira está em situação de alerta vermelho, calamidade pública.

A Cruz Vermelha Internacional indicou que pelo menos 400.000 pessoas estão desalojadas na Beira, considerando que se trata da "pior crise" do género em Moçambique.

O número de mortos confirmados na sequência do ciclone Idai subiu para 242 em Moçambique e 139 no Zimbabwe, segundo dados oficiais divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU). As únicas estimativas conhecidas do Malawi continuam inalteradas: 56 mortos e 177 feridos.